O vestido de Noiva

28 de nov de 2008

A história do meu vestido de noiva é bem inusitada.
E quando eu me lembro de tudo, percebo que Murphy me deu uma trégua e tudo ficou perfeito!

Como eu contei nesse post, eu estava com casamento marcado quando descobri a gravidez.

Conseguimos remarcar a data, mudar o contrato com o buffet, fotográfo, floricultura, enfim tudo.
Só uma coisa me preocupava, o meu vestido de noiva.
Sim, pq marcamos a nova data para alguns meses depois do nascimento da filhota e eu não tinha idéia de quando chegaria ao Brasil para poder mandar fazer o vestido do jeito que eu queria, de como estaria o meu corpo e uma infinidade de perguntas rondavam a minha cabeça.
Esse foi o ponto que me preocupou realmente, até porque eu não tinha idéia de como queria que fosse o meu vestido.

Bom, num belo dia, eu grávida de quase 8 meses, passeando pelo centro da cidade vi "O" vestido numa vitrine. Não era uma loja especializada em noivas, mas o vestido me cativou.
Sabe quando vc olha e pensa: É esse!
Foi o meu caso.
Amei desde o primeiro momento.

Mas como eu saberia qual o tamanho certo a comprar?
Voltei pra casa e fiquei quase 1 semana pensando no vestido.
Conversando com o marido/noivo tive a brilhante idéia de tirar medidas do vestido do casamento civil e com essas medidas e a fita métrica eu fui até a loja.

Chegando lá uma atendente com olhar surpreso veio falar comigo.
Pedi para ver o vestido e ela com uma cara de espanto engraçadíssima o trouxe para mim.
Eu ria muito, pq estava realmente sendo um momento cômico.
Peguei minhas anotações, medi o vestido e deu certo!
Ela ainda ousou perguntar se o vestido era para mim.
Eu sorri e disse: Vou levá-lo!

Chegando em casa liguei para a nossa assessora de casamento no Brasil e contei à ela.
Acho que ela pensou que eu era uma louca! Hahaha... percebi um pouco de aflição por parte dela ao falarmos pelo telefone.

Comprei o vestido e guardei-o por quase 5 meses.

Cheguei no Brasil no dia 12/09 e no dia 14/09 foi a primeira vez que provei o vestido (ainda no apê do meu irmão).
Surpresa: caiu como uma luva, perfeito, sem precisar de ajuste algum no corpo, somente a barra para diminuir.

Vestido recém saído da mala, todo amassado, mas perfeito no corpo.

Fui toda feliz encontrar a minha assessora no costureiro, levando o meu vestido, um sorriso e uma enorme satisfação comigo!

Quando eu provei para eles verem, eu só ouvi: Uau, perfeito!
O costureiro, que é um bam-bam-bam da cidade ficou boquiaberto. Disse que o vestido era o ideal para mim e que só iria rebordar um pouco mais na saia e fazer a barra.

Eu era só felicidade nesse momento!!

A noiva toda linda no seu vestido!!

Portanto, quando é pra dar certo, realmente dá!