Grécia - Santorini

18 de set de 2008

Os dias 4 e 5 se passaram em Santorini, uma ilha belíssima, considerada por muitos a mais espetacular das ilhas gregas.
Agora com o guia Lonely Planet (Greek Islands) em punho, lá fomos nós.

Fomos de barco de Athenas para Santorini. Não é um trecho curto, são 5h de duração, num barco rápido. Houve um atraso enorme até o barco atracar no porto.
Depois teve o episódio que eu contei aqui.
Só digo uma coisa: Barco novamente, tô fora! Não adianta nem ser na primeira classe, barco rápido, barco devagar, ou o quer que seja.

Bom, chegamos no Porto de Thira (ou Fira), na Ilha de Santorini e a aventura começou.
Alugamos um carro (antes da viagem) de uma Locadora local, um jipe pra ser precisa.
Já passava das 23h00, pegamos o carro, mala no minúsculo porta-malas, carrinho da Mariana e mochila de fotografia no banco da frente, filhota e eu no banco de trás, marídeo ao volante.
Só aí que marídeo me conta que nosso hotel fica em outra cidade, uns 40 minutos de viagem.
E lá vamos nós, curvas pra cá e pra lá no absoluto escuro, num lugar desconhecido onde as placas estavam em grande maioria escritas SÓ em grego.

Não sei como, mas não nos perdemos. Chegamos à uma praça em Oia (Norte da Ilha), conforme o dono do Hotel havia nos explicado. Marídeo desceu, andou 30 passos e já encontrou o nosso hotel.

Gente, o Hotel/Pousada foi um plus a mais. Um lugar super calmo, tranquilo, com atendimento excelente. O dono do Hotel Oia's Sunset e sua família fizeram de tudo para nos sentirmos bem, em casa.
Eles nos receberam, nos levaram até o nosso quarto, que era na verdade um mini apartamento, com sacada de frente para a piscina, sala (que foi onde a Mariana dormiu), cozinha c/ frigobar disponível para utilizarmos, um quarto de casal e banheiro. E depois nos deu dicas de onde poderíamos comer aquela hora, já que passava um pouco da meia-noite.

Subimos a rua, dobramos à esquerda e logo encontramos o Café sugerido.
Detalhe: a gente já sabia que TUDO em Santorini é mais caro.
Foi um dos momentos Mastercard da viagem:
Suco de Laranja espremida na hora - 4 euros
Misto quente - 4 euros
Sentar na sacada do Café, com vista pra Caldera, ter melhorado do enjôo e com a filhota rindo feliz da vida - Não tem preço!!

Fomos dormir, pq os 2 dias em Santorini seriam cheios! Delícia! :)
Ah! Foram as melhores noites dormidas dessa viagem. Agora teremos sempre que alugar aptos nesse esquema, com "quarto" separado para a filhota, pq ela se mexe muito, resmunga, fala dormindo e marídeo e eu temos sono leve, então fica difícil não acordar.

********
Café da manhã personalizado devidamente tomado na sacada do nosso quarto. Tô dizendo que o negócio foi VIP. :)
Pé na estrada...

Não me lembro a sequência exata, mas nesse dia visitamos (só olhamos e tiramos fotos) de várias praias ao sul da Ilha, mas a que mais nos chamou atenção foi a Praia Vermelha (Red Beach), pela combinação: paredão imenso na cor vermelho telha, a água azul turquesa, as pedras, as pessoas minúsculas diante desse visual todo.
A foto não ficou das melhores, devido ao horário, mas a imagem que está na minha cabeça é uma coisa de louco de tão linda.

Red Beach

Tb passeamos pelas ruazinhas de Fira e almoçamos por lá, no Restaurante Stani (com vista pra Caldera), indicado pelo guia.
A gente geralmente tem obtido sucesso com as dicas do guia.
Como formiga que sou, só me lembro da sobremesa, que foi Baklava com sorvete. Delícia! :)

Caldera vista do Restaurante

Rodamos boa parte da Ilha e voltamos ao hotel, para tomar um banho e nos aprontarmos para o espetáculo maior do dia: O Pôr do Sol.

Vem muita gente da Ilha toda para assistir o Pôr do Sol em Oia. Fica tudo muito cheio e insuportável.

MA-AS uma super dica do dono do nosso hotel: ir ver o pôr do sol num bar que fica afastado da muvuca, um lugar agradável, onde poderíamos ficar sentados confortáveis, bebericando algo, a filhota poderia correr livre e teríamos fotos incríveis. Na rua principal, virar à direita, caminhar até após os 2 moinhos e então acharíamos o lugar.
E ao final ele ainda disse: "Não se esqueçam de levar uma jaquetinha para a Mariana, pois ao entardecer costuma ventar muito".
Gente, o homem é o máximo! :)

Pôr do Sol em Oia/Santorini

A muvuca de gente


Foi nesse Bar/Lounge que eu comi um Souflê de Chocolate dos Deuses Gregos e Romanos todos. Delícia divina! Mas não temos foto.

E abaixo, a cidade ao cair da noite...

Oia/Santorini ao anoitecer

Jantamos no restaurante Skalla. As massas e o vinho aprovadíssimos!

Amanhã tem mais Santorini e a ida à Creta, a terceira e última parte da nossa viagem à Grécia. :)

Obs.: É só clicar na foto que ela aparecerá aumentada.