Grécia - Santorini parte 2

19 de set de 2008

Marídeo acordou cedo e foi fotografar as ruas de Santorini.
Fomos para a Grécia numa ótima época do ano. Já não estava tão quente e nem tão lotado de turistas quanto em julho/agosto.
A única coisa chata em Santorini é que eles alugam Tetraciclo (aquelas motos com 4 rodas - 2 na frente e 2 atrás) e a ilha fica cheia daquelas coisinhas que atrapalham moooito o trânsito, pq tomam vaga de carro, fazem um barulho enorme e muita gente nem sabe dirigir direito aquilo e pegam a estrada de um lado da ilha para o outro. O aluguel daquilo custa 15 euros por dia. Com um pouquinho mais dá pra alugar um carro.
Well, voltando... chega de rabugentice minha... haha...

Marídeo conseguiu registrar em fotos a beleza do lugar em si, com algumas pessoas nativas no seu dia-a-dia.

Amanhecer em Oia/Santorini

Um Senhor caminhando pela ruazinha

Tomamos o nosso café da manhã VIP novamente, pegamos o jipe (pq aquilo lá não é carro, haha) e fomos para Thira. Fomos ao Museu e depois passeamos um pouco pelas ruazinhas de Thira.
Resolvemos ir até Kamari e almoçar por lá.


Kamari Beach e o avião sobrevoando...

Após o almoço, uma breve caminhada pelo calçadão em Kamari (que é uma praia um pouco mais pra urbana) e pegamos a estrada de volta ao hotel.
Hora de ir para o aeroporto, tomar o rumo à terceira parte dessa incrível viagem - Ilha de Creta.

Só que chegamos ao minúsculo aeroporto com 2h de antecedência, pq teríamos que devolver o carro tb e como era longe do hotel a gente calculou um tempo a mais, caso nos perdessemos e etc e tal.
Na hora de devolver o carro, descarregamos as bagagens em frente à porta de entrada para embarque e marídeo foi levar o carro ao estacionamento. Ele foi dar uma geral no carro, conferir se não tinhamos esquecido nada e nisso ele perdeu a chave do carro.
Ele começou a demorar pra voltar e eu comecei a ficar preocupada.
Lá vem ele, com cara de interrogação... fui eu lá no carro pra procurar a chave. E depois de uns 5 minutos procurando pra todo lado, me deu um "plim" de olhar em cima do carro e a danada da chave estava lá. Hahaha... pronto, resolvido!

Bom, chegando muito cedo ao aeroporto não dá nem pra adentrar o salão para check in. Tivemos que aguardar no salão de desembarque por 1 hora.

O equipamento de Raio-X e segurança ficam na entrada do saguão de embarque. Estranho né?!
Bom, check in feito, malas despachadas, uma muvuca danada de gente pra todo lado.

O nosso vôo não tinha assento marcado e era uma aeronave pequena, com 3 assentos por fileira no modo 1 de um lado e 2 do outro lado do minúsculo corredor.
Ninguém me deixou passar a frente na hora de entrar no avião, então não tinha assento para eu e a filhota juntas (Mariana já paga passagem e portanto tem assento). Tudo bem de marídeo não se sentar junto, nem na mesma fileira após corredor, mas eu precisava de 2 bancos juntos de qq maneira né.
Pedi auxílio à comissária de bordo, que gentilmente pediu para um senhor trocar de assento, mas ele não trocou! Afff... que raiva. E eu com a Mariana (13,5kg) no colo. Após uns 5 minutos de bate boca, uma mulher trocou de assento e liberou os assentos para nós. Ufa... Marídeo foi sentar-se bem mais pra trás.

Apesar de ser um teco-teco, o vôo foi tranquilo e chegamos bem em Heraklion/Creta.
Pegamos o nosso mini-carro (era pequeno mesmo) e fomos para o Hotel. Foi até fácil encontrar o nosso hotel, ufa!

Descarregamos as coisas, família de banho tomado, fomos comer num restaurante próximo ao hotel só pra matar a fome mesmo... nada de especial.

Amanhã tem mais Creta... a Saga! :)