Tô P da Vida!

12 de set de 2008

Arrrrghhh... juro que se eu pudesse eu soltaria um grito bem alto, agora, 00h22. pra poder extravazar a raiva que eu tô sentindo.
O "Atendimento ao Cliente" dos Bancos, especificamente do Banco do Brasil, tem deixado muito a desejar. São tantas senhas, tanta segurança, que nós nem conseguimos acessar a própria conta.
Olha o que aconteceu... marídeo comprou um novo HD para o computador que eu uso em casa e com isso eu perdi o Cadastramento do meu computador no site do BB.
Tentei fazer um novo cadastramento através do Atendimento via telefone, já que estou fora do Brasil. Foram 6 tentativas até que consegui falar com uma atendente.
Só não conseguimos progredir no atendimento pq ela precisava do número do meu cartão e eu não tinha em mãos (está no Brasil, com meu pai).
Daí liguei pro meu pai, peguei o número e liguei novamente ao BB. Foram 4 tentativas, totalizando 10 ligações e 1h22 minutos do meu precioso tempo.
E me pergunte se ficou resolvido. NÃOOO. Acredita nisso?
Quando estava quase nos finalmente, a ligação era transferida para o atendente e nisso a ligação caia.
Ai que óóódeeeeooo!
E eu preciso muito, urgentemente, cadastrar esse computador para poder fazer umas movimentações.
Vou dormir e volto a tentar amanhã novamente. Dedos cruzados, por favor!

*** Update: CONSEGUI!!! Graças a uma santa e abençoada atendente, que estava com muita vontade de me atender. Deus é Pai!! Ufa.
Tentei uma vez, fui transferida para a URA (aquela voz de gravação) e quando seria atendida pela pessoa mesmo a ligação caiu.
Daí na segunda vez eu já fui falando que estou na Alemanha, que tentei ontem 10x e não obtive sucesso, que eu precisava urgentemente resolver isso.
A atendente foi super solicita, me avisou que o atendimento era das 22h às 7h, e era 7h14, mas que ela ia tentar fazer pra mim. Me pediu para aguardar um momento, pediu desculpas pela demora, confirmou alguns dados (o que eu achei tranquilo, já que é preciso confirmar mesmo se EU sou EU) e finalizou com sucesso.
Agradeci imensamente a atenção e atendimento dela.
Ahhh se existissem mais pessoas assim, com vontade de trabalhar...