Marianices e tagarelices

28 de jan de 2009


Depois de passar pouco mais de um mês no Brasil, eu agora tenho em casa uma tagarelinha linda, que fala tanto e forma frases tão inusitadas, que me deixam cada dia mais apaixonada por ela (se é que isso seja possível!).

Quando fui para São Paulo para meu tour de comprinhas e para me encontrar com minhas amigas Motherns, filhota ficou na casa de uma tia minha sob seus cuidados.

Eu estava me descabelando de tanta saudade dela. E quando eu ligava e perguntava dela para minha tia eu ainda ouvia:

"Relaxa, ela tá super bem, nem se lembra de vc!".

E quando minha tia ou primos perguntavam à filhota: "Cadê a mamãe".
Ela dizia todo pomposa: "Tá trabalhando".

Em 2 semanas no Brasil ela já pedia pra beber da garrafinha.
E eu: "Mas que garrafinha, filha".
E ela toda faceira apontava para uma garrafa pet de Coca Cola.

Boba ela? Nem um pouco!