Um e-mail escrito em 19/05/2006

11 de mai de 2009

Eu me lembrava de ter escrito um e-mail contando sobre o nascimento da minha filha.
Procurei por tudo, até que achei-o num fórum que eu participava à época.


A Mariana nasceu!! Que felicidade!!
Ela chegou ao mundo no dia 11/05, às 18h02 com 3540g e 52cm, uma meninona. Super saudável, teve nota Apgar 10 para 5 e 10 segundos.
Eu fui para o hospital na quarta-feira à noite, levada pela querida tia Angie, com contrações leves. Fizemos a medição do batimento cardíaco e das contrações e tb um ultrassom, onde conseguimos ver que a Mariana estava com a cabeça para baixo, mas ainda não estava no canal, ela estava muito para a direita. A médica achou melhor eu voltar pra casa, tentar descansar e caso as contrações se intensificassem era pra eu voltar ao hospital pela manhã.
Bom, eu quase não dormi... passei a noite sentindo dores. Às 5h da manhã me levantei, tomei um banho quente bem demorado, tentei tomar café da manhã mas não consegui. Fomos para o hospital às 6h30. As contrações estavam mais fortes, mas não o suficiente para entrar em trabalho de parto. Eu estava com 2-3 cm de dilatação.
A enfermeira mandou eu caminhar, tomar um café da manhã e voltar depois de 2 horas.
Fomos à cafeteria do hospital e eu mal consegui me sentar, as dores estavam cada vez mais fortes.
Voltamos à sala de controle de contrações e agora as contrações estavam ficando mais regulares. Aí logo em seguida eu tive um sangramento e a enfermeira já começou a me preparar para o parto. Eu estava com 5cm de dilatação nesse momento.
Às 10h30 eu não estava mais suportando as dores das contrações e optamos por eu tomar a anestesia peridural. O anestesista demorou a chegar... eu estava quase virando do avesso de tanta dor! Uiii...
Ele aplicou a anestesia e comecei a me sentir melhor. Ainda sentia as contrações, mas não sentia a intensidade da dor.
Às 13h30, a enfermeira foi verificar a dilatação e a minha bolsa rompeu. Nesse momento eu tinha a dilatação necessária: 10 cm.
Logo veio a médica para verificar se a Mariana já estava encaixada, e ela continuava com a cabeça mais para a direita.
Aguardamos até às 16h30 e nada da Mariana entrar no canal.
Aí não teve outro jeito. Me prepararam para a cesariana.
No caminho para a sala de cirurgia eu fui chorando... eu estava um pouco triste e com medo. Eu queria tanto ter um parto normal...
A Mariana nasceu super rápido. Senti de leve o momento do corte e logo já ouvi o chorinho dela. Foi emocionante!!
A enfermeira colocou-a no colo do Marcos e ele me mostrou a nossa filha. Foi um momento incrível!!
Depois a equipe médica continuou a cirurgia, enquanto o Marcos acompanhou todo o processo de cuidados com a Mariana.
Eu demorei para sair do centro cirúrgico. Eu me lembro que eu tremia muito. Encontrei-me com o Marcos e a Mariana por volta das 20h30. E aí a enfermeira já a colocou no meu colo para eu amamentá-la.
Fomos para o quarto do hospital por volta das 23h. Nessa noite a Mariana dormiu no berçário, pois eu estava esgotada.
No dia seguinte já a levaram logo cedo pra mim e eu fiquei babando!
Ficamos no hospital até terça-feira 16/05 por procedimentos do hospital. Tirei os pontos ontem 18/05.
A minha recuperação está sendo tranquila. Tenho um pouco de dores nas costas apenas.
O Marcos fala que na verdade eu tive parto normal e cesariana.

Essa é a história do nascimento da Mariana!


Há 3 anos atrás eu passava por um dos momentos mais emocionantes que já vivi: o seu nascimento, filha.
E hoje estou aqui, para te dizer que te amo tanto, tanto, tanto que nem tenho palavras para expressar isso.
Que você me faz sentir que sou cada dia mais forte, mais corajosa, mais amorosa e mais feliz.
Obrigada, filha, por tudo o que vc é pra mim!!
Feliz Aniversário!!!