Dando o "troco" com classe

5 de mai de 2009

Antes de contar a historinha eu vou escrever alguns pontos:

1. A Mariana não é uma criança quietinha, santinha, anjinho. Ela gosta de correr e pular, de cantar alto, de jogar bola no corredor de casa comigo, com o pai ou com quem quer que tope fazer isso, ela tem dormido tarde e às vezes acaba falando alto, pulando, correndo e fazendo barulho depois das 22h (isso raramente), mesmo marido e eu ficando em cima e tentando contê-la.

2. Marido foi criado mais solto, por ser filho único, mas dentro dos limites de respeito ao próximo.
Eu fui criada para obedecer, respeitar o próximo, não falar alto e não retrucar numa briga.

3. Nós moramos num prédio de 7 andares com 4 aptos por andar, onde só tem uma criança: a minha filha de quase 3 anos.

Os vizinhos de cima do nosso apto são 2 mulheres, a mãe, por volta de 65 anos e a filha, por volta de 40 anos.
Os vizinhos de baixo do nosso apto são 1 casal, um senhor e uma senhora que eu quase não encontro.
Marido encontra sempre com ela, que volta e meia reclama que a Mariana é barulhenta.
Pois bem, eu nunca tinha visto isso antes, porém acabei de ler a Nina contar que acontece e fiquei realmente chocada com o trabalho que os vizinhos tiveram para fazer isso:

No aniversário da Mariana eu usei gominhas para a decoração da mesa e depois dei um copo para ela e outro para o amiguinho comerem as gominhas. Eles estavam brincando na sacada e quando percebi eles estavam apenas chupando o açúcar da gominha e jogando elas no chão.
Dei uma leve bronca neles e tomei os copinhos de gominhas.
Depois que todos os convidados foram embora e antes que o meu corpo esfriasse, já retirei toda a decoração e marido e eu arrumamos a sala e sacada do apto.
Isso foi no domingo.
Na quinta-feira, após a faxineira do prédio fazer a limpeza dos corredores e escadas, eu estava saindo apressada com a Mariana para levá-la à escolinha, quando olho para o meu tapete de entrada percebo que nele há 6 gominhas semi-mastigadas sem açúcar.

O que é isso, gente? Só podem ter sido os vizinhos mal humorados.

Fui para a escolinha e na volta preparei um saquinho com uma dúzia de docinhos do aniversário da Mariana e deixei à porta deles antes de sairmos para viajar.

E ontem, quando eu saia com a Mariana encontrei a vizinha e percebi que ela ficou toda desconcertada. Hahahaha...

Pronto! Como diriam os bichinhos da propaganda da Parmalat: TOMOU?! :P