Síndrome de Centopéia - Parte 1

25 de jun de 2007

Lendo o blog da Cris, vi um post sobre um sapatinho fofo e resolvi contar o meu causo...

Eu tenho a Síndrome de Centopéia sim.
Ela ficou adormecida por um tempo, mas daí veio um belo príncipe e com um beijo a acordou. Hahaha... e agora, é um Deus nos acuda.
Antes de pensar na roupa que vou vestir, já penso no sapatinho.
Eu tinha uma sapatilha pretinha básica, fofinha, confortável e tudo o mais. Só que ficava um pouco grande.
Vai que daí estava eu, passeando com a filhota, e vi uma sapatilha lindinha, pretinha, olhando pra mim. Mas a loja já estava pra fechar e resolvi que voltaria outra hora para ver novamente e aí provar o par de sapatilhas fofas.
No outro dia, ansiosa do jeito que sou, corri pra ver o meu alvo. E ela estava lá, me esperando!
Provei, me apaixonei! E o preço estava ótimo. Não tive dúvidas, comprei-a-a!! =]
No dia seguinte saí para passear com marido e filhota. Andei uns 10 minutos e os pés começaram a reclamar. Doia, ardia, queimava, assim sucessivamente. Parecia que os pés tinham aumentado de tamanho.
Juro que tive vontade de voltar pra casa descalça, tamanha era a dor que eu sentia nos meus pezinhos.

Tá aí o sapatinho bonitinho, mas ordinário: